quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Resenha "Harry Potter e a Pedra Filosofal"



Sinopse: Harry Potter é um garoto comum que vive num armário debaixo da escada da casa de seus tios. Sua vida muda quando ele é resgatado por uma coruja e levado para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Lá ele descobre tudo sobre a misteriosa morte de seus pais, aprende a jogar quadribol e enfrenta, num duelo, o cruel Voldemort.

Com inteligência e criatividade, J. K. Rowling criou um clássico de nossos tempos. Uma obra que reúne fantasia e suspense num universo original atraente para crianças, adolescentes e adultos.











   A primeira vez que li este livro, tinha 15 anos. Foi a primeira leitura que fiz sem ser por obrigação escolar. Uma amiga havia me emprestado e eu me encantei tanto com a história que acabei comprando um exemplar para mim, esta é uma série que sempre releio. Adoro! Tenho certeza que todos conhecem a história do "menino que sobreviveu", mas aqueles que só a conhecem pelos filmes, aconselho que leiam os livros. Pois bem, o livro conta a história de Harry, um menino que perdeu os pais quando tinha um ano de idade e passou a viver com os tios, sem saber que era bruxo. O primeiro livro da série conta como Harry, aos 11 anos, descobriu que era bruxo e relata sua vida em seu primeiro ano de estudos na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. É, então, que ele faz amizade com Ronald Weasley e Hermione Granger, que se tornam muito importantes na vida do menino. Neste primeiro ano na escola, Harry passa por muitas aventuras, faz amizades e também inimizades, como Draco Malfoy, O vilão também está presente, Lord Voldemort aparece e... Não vou entrar em detalhes para não acabar falando demais, apesar de achar que todos já conhecem o final do livro, nunca se sabe...
   A história é voltada para o público infantil, o que se percebe pela linguagem simples usada pela autora e pela temática aventureira do texto, o que não impediu que jovens e adultos também se apaixonassem pela narrativa. O livro, que inicialmente foi rejeitado por 12 editoras, fez sucesso em todo mundo sendo traduzido para mais de 67 idiomas. O livro conta com 263 páginas e foi adaptado para o cinema em 2001, sendo um sucesso de bilheteria e recebendo três indicações ao Oscar de 2002. J.K. Rowling se tornou a primeira autora a ficar bilionária só com o dinheiro de suas obras.



   "Você poderia ser grande, sabe, está tudo aqui na sua cabeça, e a Sonserina lhe ajudaria a alcançar essa grandeza, sem dúvida nenhuma, não? Bem, se você tem certeza..."







5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Pri!!! Tudo bem?

    Por que será que eu adoro esse gênero? rsrsrs Fantasia é tudo de bom! E, se tratando de J.K, não há igual na minha opinião... Adorei a resenha! Li os cinco primeiros livros da série do Harry Potter. Sou fã!

    Parabéns pelo blog!

    Beijocas,

    Mi

    ResponderExcluir
  3. O primeiro livro não é o meu favorito, pra ser sincera, mas é o mais importante pra mim. Comecei a ler a série aos 8 anos e graças A Pedra Filosofal, adquiri meu gosto pela leitura. Então devo muito a esse livro e, principalmente, à J.K Rowling.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Também tive contato com o livro mais ou menos aos 15, na época estava lendo muitos livros obrigatórios p/ vestibular e acabei não entrando na história e abandonei. Por todo o sucesso dos livros e pela quantidade de apaixonados, tenho vontade de retomar a leitura.

    ResponderExcluir